Friday Julho 19, 2024
RÁDIO CASIMIRO - Logo

PRESIDENTE DO MEA DENUNCIA TENTATIVA DO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DE TOMAR A ORGANIZAÇÃO QUE DIRIGE.

Foi durante o Programa Discurso Directo da Rádio Ecclesia edição desta quarta-feira, 26 de Junho, que o Presidente do Movimento dos Estudantes Angolanos (MEA), Francisco Teixeira, abordou de forma aberta sobre os problemas e desafios da Educação e Ensino no país.

O entrevistado começou primeiro por dizer que muitas organizações partidárias pretendem tomar de controle o MEA. Francisco Teixeira denunciou ainda a pretenção dos Serviços de Inteligência de infiltração de elementos com objectivo de passar informações sobre as movimentações feitas por ele.

“Durante este período recebi muitas propostas com valores muito altos, e sobretudo influenciar o voto nas últimas eleições” sustentou.

Considerou o ano lectivo 2023/2024 como o mais péssimo de todos, criticando a fraca actuação da UNESCO e outras organizações internacionais do mesmo cariz. O responsável mostrou-se igualmente insatisfeito com a falta de quadros, insegurança, falta de energia elétrica, nas escolas públicas do país “muitos destes seguranças não recebem salários há meses, e insatisfeitos deixam as escolas desprotegidas e os amigos do alheio roubam quase tudo” criticou.

Francisco Teixeira questionou o destino das verbas atribuídas na ordem dos 4 mil milhões de kwanzas ao Ministério da Educação, para a compra de carteiras e livros, por via do Orçamento Geral do Estado “se chegamos ao fim do ano lectivo e as escolas não receberam carteiras, e as crianças não receberam um livro sequer, apesar de o mesmo Ministério receber perto de 2 mil milhões de kwanzas, para a compra de manuais” denunciou.

Denunciou também que o passe de estudante não é gratuito, sendo que os encarregados são obrigados a activá-lo mensalmente com mil Kwanzas “enntão se precisaram recorrer ao passe por não terem condições para pagar a corrida de táxi, onde será que irão tirar os 12 mil Kwanzas anuais” sustentou.

“Nós o MEA, estamos a  levar a cabo um estudo que nos está a revelar números surpreendentes de alunos que perderam a prova final por falta de dinheiro para o táxi. Escrevemos para o Presidente da República para baixar o preço do táxi” garantiu.

Francisco Teixeira revelou que mais de 19 mil árvores funcionam como escolas. Questionou, que será que os nossos governantes estão mesmo preocupados com o destino deste país. Em actualização…

Repórter Delgado Teixeira

Visitas241

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *