Thursday Julho 18, 2024
RÁDIO CASIMIRO - Logo

DETIDOS SECRETÁRIO E PORTA-VOZ DO SINDICATO DO MINISTÉRIO DAS PESCAS. TRABALHADORES DIZEM TRATAR-SE DE UMA ORDEM DA MINISTRA DE TUTELA.

A Ministra das Pescas e Recursos Marinhos, Cármen do Sacramento Neto dos Santos, está a ser acusada de ordenar a detenção sem razões aparentes, e de forma ilegal o Primeiro Secretário da Comissão Sindical dos Trabalhadores, Henriques Salocombo, bem como do seu Porta Voz, Bráulio Firmino, no Comando Municipal de Talatona, em conluio com a Comandante Municipal, Superintendente Goreth Fernando, que se apurou serem vizinhas no Condomínio Residencial.

Segundo a denúncia a que a Rádio Casimiro teve acesso, estes representantes dos trabalhadores foram impedidos de entrar no complexo onde se localiza o ministério, por ordem da Ministra, e acabaram detidos pela Polícia Nacional esta terça-feira, 25 de Junho.

“A ministra mandou fazer um documento que impede estes nossos representantes de aceder ao complexo onde se situa a sede do ministério, contrariando e ignorando os preceitos legais” informaram as nossas fontes.

A Comissão Sindical dos Trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos junto dos seus advogados processam no tribunal, a Ministra Cármen do Sacramento Neto dos Santos, e os colaboradores directos por gestão danosa, abuso de poder, calúnia e difamação, peculato, nepotismo, violação aos direitos dos trabalhadores e outros crimes.

“Espera-se que prevaleça a lei em detrimento das influências e ordens superiores. Que o porco não defenda o javali” sustenta a fonte que temos estado a citar.

Em actualização…

Visitas154

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *