Friday Julho 19, 2024
RÁDIO CASIMIRO - Logo

PN: 45° ANIVERSÁRIO ASSINALADO COM PREOCUPAÇÕES COMO A FALTA DE ASSISTÊNCIA AOS FAMILIARES DE EFECTIVOS FALECIDOS.

A Polícia Nacional Angolana (PN) assinala hoje, 22 de Junho, o seu 45° aniversário desde a sua restruturação e redesignação após a independência nacional alcançada à 1975.

A Rádio Casimiro, nesta efeméride dá-lhe a conhecer um dos grandes desafios e preocupações que aflige o pessoal deste órgão do Ministério do Interior, que tem que ver com a morosidade e burocracia para o desbloqueio das ajudas financeiras e sociais à familiares de efectivos falecidos, que por conta destes problemas passam por muitas dificuldades.

Os filhos, irmãos, mães e viúvas de Agentes da Polícia Nacional falecidos não recebem assistência dos órgãos afins, muitas vezes por conta da injustificada morosidade no desbloqueio da pensão de que são beneficiárias.

“Passamos por muitas dificuldades em casa, nem sempre temos algo para comer, as crianças não estudam, vivemos em casa de renda e só estamos aqui por causa da boa fé dos proprietários que se compadecem com a nossa situação difícil” frisou uma viúva de um oficial subalterno com a patente de 2° Sub Chefe, falecido há sensivelmente dez anos, que a família “luta”, para desbloquear a pensão.

São vários os casos desta natureza, desde um simples agente até um oficial, em alguns casos raros, porque muitos destes gozam de uma certa influência e conseguem desbloquear por conta disto. Já os outros, aguardam esperançosos pelo “grande dia”, que há anos que não chega.

A Polícia Nacional (PN) é a principal força de segurança pública de Angola, dependendo organicamente do Ministério do Interior, sendo chefiada por um Comandante Geral, e hierarquicamente organizada por Comando Geral, Comandos Provinciais, Comandos Municipais, Esquadras, Postos Policiais e Destacamentos Policiais.

Repórter Delgado Teixeira

Visitas206

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *