Monday Setembro 26, 2022
RÁDIO CASIMIRO - Logo

O RESGATE DO USO DOS TRAJOS AFRICANO PELAS SENHORAS DO MPLA.

Há muito que o continente africano viveu a influência de um processo histórico que teve também uma grande repreensão na conservação da cultura africana, alguns povos foram mais fortes na conservação das suas identidades culturais. Sendo a cultura uma produção humana, como Angolana que somos, urge reflectirmos sobre os nossos valores culturais, e começamos a usar formas própria de garantirmos a nossa representação no mundo como individuais singulares já não podemos viver impactados pelo fenómeno da aculturação elevado pela problemática da globalização.

É realmente louvável ver as camaradas do MPLA a forma como estão a dar valor ao trajo africano devemos evitar os embroglios provocado por aquilo que chamamos de “ Etnocentrismo Cultural” na verdade não há na face da terra uma cultura superior a outros, por que cada cultura é uma cultura, possuindo as suas características rudimentares, portanto a cultura deve estar a disposição do homem, e o homem a disposição da cultura com intuito de sempre fazer refulgir no homem a sua dignidade humana, o valor da pessoa, uma cultura que realmente leva-nos ao caminho da felicidade como por exemplo os nossos trajes africanos, a nossa gastronomia tradicional, as nossas línguas e a dança, estes aspectos culturais devem ser enaltecidas.

O QUÊ NOS RESTA SABER É: Se esse movimento possibilitará uma real mudança na estrutura, ou se será absorvido como um lucrativo nicho de mercado da estilista NAIR TATI. Sem dúvida a indústria de cosméticos e beleza vê grande interesse neste grupo que consome cada vez mais produtos dedicados à negros.

Visitas29

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.